Biografia

Publicidade
Pub.

Dalton Sitoe cria mais um género textual

O jornalista biográfico, Dalton Sitoe, criou o género textual Snvivo [pronuncia-se s-n-vivo], para o jornalismo biográfico. O género tem a finalidade de contar a história de infra-estruturas e seres inanimados de referência ou com significado histórico, usando as ferramentas do jornalismo biográfico.

Snvivo junta-se ao bioepisódio e biomoment, família de géneros criados por Dalton Sitoe, para além de bioficção e bioentrevista, que o fundador do jornalismo biográfico em Moçambique atribuiu outra aplicabilidade.

A iniciativa ocorre numa altura em que a Dalton Multimedia (DM), empresa que gere a Revista Biografia, está a preparar o lançamento de duas páginas especiais da revista para a difusão de conteúdos Premium e textos patrocinados.

“Uma das páginas especiais chamar-se-á Revista Biografia – Snvivo. A página já está online, mas neste momento o acesso é restrito. Diferentemente da revista mãe, que publica histórias de seres vivos a título gratuito, a Biografia – Snvivo vai disponibilizar gratuitamente, para o leitor, textos patrocinados, contando histórias de seres não vivos”, revelou Dalton Sitoe, Director da DM.

“Conhecer a história das infra-estruturas que nos rodeiam, por exemplo, remete-nos às nossas raízes, onde reside a nossa identidade. E no nosso país sabemos muito pouco sobre o que está à nossa volta. Se sairmos à rua, e procurarmos saber dos cidadãos moçambicanos o que sabem, por exemplo, sobre Estádio da Machava, Catedral de Maputo, Hotel Polana, podemos ter muitas surpresas negativas. Portanto, a criação do género snvivo foi para permitir a existência da Biografia – Snvivo, que vai disponibilizar esse tipo de informação em forma de histórias contadas por via do jornalismo biográfico”, sustentou.

Eis a definição:

Snvivo [pronuncia-se s-n-vivo] é um texto biográfico através do qual o biógrafo narra a história de existência de um ser não vivo.

O género textual serve para representar, através do jornalismo biográfico, histórias de infra-estruturas e seres inanimados de referência ou com significado histórico, e preservá-las para as futuras gerações.

Para compor um texto neste género textual, o biográfico faz uma recolha de dados sobre o ser não vivo do qual pretende escrever, recorrendo a fontes documentais e humanas. O texto deve valorizar os quatro tipos de saber (religioso; científico; senso comum; e filosófico) das fontes consultadas e não deve ter intervenção opinativa do biógrafo.

O texto, do género textual snvivo, é escrito na forma impessoal e usa tempos verbais que indicam o passado. O jornalista usa a sua criatividade para definir a estrutura que pretende dar ao texto, mas deve estar presente a descrição inicial do ser não vivo, as variações relevantes que possa ter tomado até ao dia da presença do jornalista; contextualização do seu surgimento ou concepção; os momentos históricos do ser; e outros aspectos que o biógrafo achar relevante. O texto deve ter um título ao critério do jornalista, mas recomenda-se que destaque a importância histórica do ser não vivo.

Quanto ao tamanho, o snvivo subdivide-se em grande, e pequeno. Designa-se grande snvivo quando traz um texto que relata de forma profunda sobre o ser não vivo, e é pequeno snvivo quando acontece o oposto.

O snvivo tem também um subgénero textual: snvivo-bioepisódio. No subgénero, o biógrafo narra um episódio específico de um ser não vivo, sendo que o acontecimento tem de ter alguma importância histórica para o próprio ser, no mínimo. Aqui, o biógrafo utiliza ferramentas de pesquisa, e as características textuais do bioepisódio para narrar o episódio do ser não vivo.

Comentar

Código de segurança
Atualizar

Pub.
Pub.
Publicidade
Publicidade

Publicidade

ITL está recrutar professores

DIRECÇÃO GERAL DIVISÃO DE ADMINISTRAÇÃO E RECURSOS HUMANOS ASSUNTO: Concurso Público nº 202/930/DG-ITL/DA-RH/2017 O Instituto Técnico Lugenda (ITL) é uma Instituição de ensino Técnico-Profissional, com Sede na Beira, Av, Samora Machel, nº 3160, bairro Maquinino, cidade da Beira, que tem como principal tarefa a Formação de profissionais de saúde de nível médio.

Passos para ser Assinante

Sinta-se cumprimentado! Meu nome é Líria Celeste, Directora do Departamento de Gestão de Usuários da Revista Biografia – Premium (GUP). Venho explicar para você como tornar-se Assinante da Revista Biografia, subscrevendo-se pelo método de pagamento Depósito, Transferência Bancária | M-pesa | ou Conta móvel. Veja como é fácil:

Desconto de 2000 meticais no curso de culinária

A Escola de Culinária “Arte & Profissão” Tia Rosa está a oferecer um desconto de 2000 meticais no curso de culinária, para quem se matricular até o dia 20 de Agosto corrente.

Newsletter Biográfica

Seja o primeiro a saber: receba textos biográficos gratuitamente no seu email
Pub.
Pub.
Pub.

Seja Nosso Amigo no Facebook

Audiência

641090
Hoje
Ontem
Esta semana
Última semana
Este mês
Último mês
Desde 1/4/2016
1965
1753
6326
502283
72125
80507
641090

Seu IP: 54.198.247.44
Server Time: 2017-09-26 20:06:37
Pub.
Pub.
Pub.
Pub.
Pub.

Showcases

Background Image

Header Color

:

Content Color

: